•  
 
 
 
 
UNIESP – Bauru: Professor das unidades de Bauru no centro de uma possível descoberta da cura do câncer
QUARTA-FEIRA, 11 DE NOVEMBRO DE 2015
 
 
O diagnóstico de câncer é devastador em uma família. Com poucas chances de recuperação total, principalmente quando já espalhado em mais de um órgão, e de tratamento agressivo, a doença é considerada por muitos como uma bruta abreviação para a qualidade de vida e às esperanças dos pacientes e seus familiares.
 
Professor-das-
unidades-de-Bauru-no-centro-de-uma-possivel-descoberta-da-cura-do-cancerNo entanto, essa questão tem sido revista inúmeras vezes nos últimos meses, graças à divulgação da descoberta de um novo composto que poderia combater o câncer. Batizado de fosfoetanolamina sintética, a substância faz um tipo de marcação nas células cancerosas, deixando-as mais visíveis para o sistema imunológico que, por sua vez, as combate prioritariamente, explica o professor Marcos Vinícius de Almeida, de 41 anos, docente das duas unidades de Bauru (Faculdade de Bauru – FABAU e Instituto de Ensino Superior de Bauru – IESB) do grupo UNIESP.
 
Marcos faz parte da equipe que estudou e patenteou a fosfoetanolamina sintética e, apesar de acreditar em todo o potencial da substância, defendendo um acréscimo no investimento para a produção e estudos, diz que os pacientes não devem abandonar os tratamentos tradicionais, pois os estudos clínicos sobre o composto ainda não foram concluídos e, a despeito dos inúmeros relatos de curas consideradas quase milagrosas, não existem provas de sua eficácia: “deem uma chance à vida, mas esta chance começa pelo seu médico”, conclui.

Veja mais sobre o assunto:
G1 – Pesquisadores são homenageados em Porto Alegre: Clique aqui.
JCNET – Bauruense pesquisa composto contra o câncer: Clique aqui.


 
 
 
 
UNIESP Solidária Biblioteca/
Publicações
TV UNIESP Rádio UNIESP Inclusão
com Arte
Projeto Ambiental EAD Notícias Imprensa Trabalhe
Conosco